Skip directly to content

Asilo São João Bosco inaugura horta em parceria com o Senar/MS

29/07/2019 - 17:45

O projeto atende demanda interna dos idosos e comercialização garante renda para a instituição

O Asilo São João Bosco, em Campo Grande, agora tem uma horta no quintal. O espaço de 5 mil metros quadrados, foi implantado pelo Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural a partir da Assistência Técnica e Gerencial da cadeia produtiva da horticultura. A diretora-técnica do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mariana Urt participou do lançamento do projeto que conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

“Esse trabalho desenvolvido no asilo é um exemplo do que o Senar tem desenvolvido em todo o estado. Hoje são 15 iniciativas sociais voltadas à implantação de hortas em diferentes municípios com o intuito de garantir alimentos saudáveis para a população, promover o desenvolvimento local e dar apoio para instituições. Em meio hectare de área plantada e, em apenas dois meses de implantação da horta, aproximadamente 4 mil reais foi gerado de renda para o recanto”, ressaltou Urt complementando que a ideia é expandir projetos com essa proposta.

O Senar/MS com a Assistência Técnica e Gerencial – ATeG, na cadeia de horticultura atendeu a demanda do projeto com o apoio técnico para implementação e manutenção da horta em fevereiro deste ano. As primeiras ações práticas foram no mês de maio com a implantação de canteiros e plantio das primeiras mudas. Até o momento foram colhidos 3.500 produtos.

A superintendente do asilo, Cléo Shamah, falou do sonho da implantação da horta na instituição. “Há muito tempo queríamos a horta e hoje se concretizou. As hortaliças vão abastecer a nossa cozinha e os nossos idosos terão uma alimentação saudável e de qualidade. O excedente será vendido e esta será uma fonte de recurso financeiro, que nos ajuda a manter a entidade em pé. A inauguração superou as expectativas tanto com o público participante como com a presença dos moradores da região que compraram os produtos”. 

Inicialmente são 15 diferentes hortaliças, entre elas: alface roxa, crespa e americana, couve, couve-flor, cheiro verde, rúcula, almeirão, agrião, beterraba, abóbora, jiló, rabanete, hortelã, berinjela. A venda das hortaliças acontece diariamente na própria horta do asilo e, aos sábados em frente à instituição no ônibus “Saladão”, um projeto da Sedesc – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. 

A ATeG em Horticultura atende no estado 543 produtores de 42 municípios. Eles recebem consultoria com proposta de gestão e novas ferramentas sustentáveis e que possibilitam redução de custos.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque