Skip directly to content

Casqueamento de equídeos preserva a sanidade animal

07/08/2019 - 10:30

O casqueamento é uma série de cuidados com os cascos dos equídeos, que deve ser iniciado a partir dos dois meses de vida. Esse tratamento inclui a higienização, correção do desvio para o desenvolvimento correto da locomoção e nivelamento com o solo, entre outros detalhes, que o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural ensina no curso de ‘Casqueamento e Manutenção de Cascos de Equídeos’.

A base de sustentação do peso dos equídeos interfere na saúde e locomoção. Ela deve ser devidamente tratada tanto para atividades que envolvem lazer, esporte e trabalho. É o que explica o instrutor do Senar/MS, Dilson Ricartes. “O casqueamento dá conforto ao animal e segurança pra quem está montado, evita lesões e aumenta sua vida útil do casco. No curso, o aluno também aprende como conter o animal e esclarecemos todas as dúvidas dos participantes”. 

É recomendável a manutenção em todo o grupo de equídeos, o qual inclui animais como cavalo, pônei, asno ou burro, e até mesmo selvagens, como as zebras. 

Qualificação – A capacitação tem carga horária de 16 horas com noções básicas de cascos, principais doenças, segurança no trabalho, técnica de contenção do animal e ferramentas utilizadas durante os procedimentos. “O aluno aprende na prática sobre a estrutura de casco, funções, manejo, ferramentas, e todos os cuidados com o animal”.

As próximas agendas para este curso estão previstas em Sidrolândia (23 e 24/08); em Eldorado (02 e 03.09); em Paranaíba (05 e 06.09) e em Inocência (23 e 24.09). 
Além desta capacitação, o Senar/MS oferece ainda Doma Racional, Adestramento de Equinos, entre outros na área de manejo e criação, gestão e processos. Os interessados nos cursos gratuitos, podem procurar pelo sindicato rural do seu município.

Educação no Campo – Todas as quartas-feiras o Senar/MS divulga alguma opção de qualificação em uma cadeia produtiva específica do Agro. Acompanhe!

Quer se informar mais sobre as capacitações? Entre no site do Senar/MS e saiba mais. Conheça a editoria Mercado Agropecuário aqui!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Ellen Albuquerque