Skip directly to content

Curso de liderança rural leva grupo de MS à viagem técnica nos EUA

30/04/2015 - 16:00

Depois de 24 meses de capacitação e aulas presenciais ministradas em sete municípios, 44 lideranças do agronegócio sul-mato-grossense embarcam no próximo sábado (02.05) para os Estados Unidos para conhecer diferentes modelos de produção. O grupo é concluinte do curso de especialização Líder MS – Liderança Empreendedora do Agronegócio e vai cumprir uma programação de oito dias com roteiro incluindo visitas técnicas à propriedades produtoras de grãos, de gado de corte e de leite e instituições de ensino e pesquisa na região conhecida como “Corn Belt” (cinturão do milho), em três estados norte-americanos.

A comitiva, que será acompanhada também por dois participantes do CNA Jovem –  Rafael Machado Vergetti Alves, de Alagoas, e Eduardo José Garrido Teixeira, da Bahia – visitará os Estados de Illinois, Winconsin e Minnesota.

Em cada localidade, eles terão a oportunidade de aprender sobre o modelo de gestão e as tecnologias aplicadas nas propriedades. Entre os destaques do itinerário estão o encontro das lideranças com representantes da Associação dos Produtores de Soja de Minnesota, segundo maior produtor de soja e milho dos EUA e a reunião com representantes da Associação Criadores de Gado de Corte do Estado de Minnesota.

No roteiro também estão programadas visitas à propriedades privadas, entre elas uma fazenda de leite Linkenmeyer em Madison, em Winconsin, que atenta ao quesito sustentabilidade produz energia por intermédio de um biodigestor.

Ao todo, serão visitadas oito propriedades rurais. Em Minneapolis, cidade do Minnesota, o grupo conhecerá a fazenda Schiefelbein, de 1955, especializada na criação Angus. Durante a visita,  a comitiva irá observar a gestão da produção e manejo pecuária.

Para o superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, coordenador da expedição, todos os locais visitados vão somar em conhecimento e experiência na formação das lideranças por meio do Curso. “Os participantes poderão conhecer métodos modernos de produção e adaptá-los a sua realidade. Essa troca de informações permitirá uma visão transformadora nesses novos líderes”,  ressalta.

Formando líderes – O Líder MS II compõe a AERMS – Academia de Empreendedorismo Rural de Mato Grosso do Sul, iniciativa do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS. Esta é a segunda turma do curso, iniciado em meados de 2013.  Os alunos receberam formação em nível Lato Senso de professores da USP – Universidade de São Paulo e da UFPR –  Universidade Federal do Paraná. O curso trouxe em sua grade curricular disciplinas relacionadas a aspectos jurídicos, econômicos, políticos, sociais, organizacionais, além de seminários e estudos de caso que contribuem para a formação intelectual de profissionais que exerçam funções de liderança.

Para o professor do curso,  Francisco Vila,  a especialização supre uma necessidade latente do setor em formar líderes. “Dentre os desafios do agronegócio está a insuficiência de representantes, em número, para conduzir o processo de modernização contínua que vivenciamos desde 2000”, ressalta. Preparar atuais e futuras lideranças também ajuda a entender melhor as demandas da agropecuária do futuro, argumenta Vila. “O curso trouxe todos os temas inerentes ao agronegócio, inclusive aqueles que não estão diretamente ligados ao setor, mas que são fundamentais à liderança”.

Os próprios alunos do Líder MS se autodefinem como profissionais estratégicos para o desenvolvimento do agronegócio.  Para Volnete Inês Aléssio Matos, de Rio Brilhante, o curso abriu muitas portas de aprendizado e oportunidades. “Antes eu não tinha a real consciência de que nosso setor precisava de líderes.  Hoje eu sei que, mais do que isso, precisamos de representantes preparados”, destaca Volnete. Já o aluno Ivan Carrato, de Três Lagoas, aprendeu como o campo e a cidade podem avançar juntos. “Aprendi no Líder MS II a importância do trabalho conjunto”.