Skip directly to content

Fruticultores atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS comercializaram média de R$ 950 mil em 2019

06/01/2020 - 17:15

Em Mato Grosso do Sul, os fruticultores atendidos pela ATeG (Assistência Técnica e Gerencial) do Senar/MS comercializaram R$ 949,5 mil em 2019. Das 15 diferentes culturas presentes no estado, as mais vendidas foram a banana, com total de R$ 474,7 mil, e o limão, com R$ 139,8 mil. Este é o assunto do Mercado Agropecuário deste 6 de janeiro - primeira segunda-feira de 2020.

Ao todo, foram comercializadas mais de 606 toneladas de frutas, oriundas de 830 produtores em todo o estado. Além da banana e do limão, as culturas mais significativas são maracujá, goiaba, abacaxi, mamão, laranja, pitaya, acerola, tangerina, coco, abacate, manga, tamarindo e amora.

O coordenador da ATeG em Horticultura do Senar/MS, Dorly Pavei, afirma que a expectativa para 2020 é aumentar a produção de limão, laranja, goiaba e manga. “Muitos produtores possuem pomares em formação com previsão de início de colheita para este ano. As ações de incentivo e estímulo desenvolvidas pela ATeG, como vitrines tecnológicas, ‘Dias de Campo’ e cursos, têm despertado o interesse de muitos produtores na fruticultura. Os mesmos estão implantando novas áreas e pretendem expandir o cultivo neste ano”, disse.

Mercado Agropecuário – O Sistema Famasul divulga todas as semanas uma reportagem especial sobre o andamento das principais cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul. Acompanhe!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Vitor Ilis