Skip directly to content

Mercado em expansão: evolução da agropecuária do estado será tema da 10ª edição do MS Agro

18/11/2019 - 17:30

Entre 2010 e 2018, a produção de proteínas em Mato Grosso do Sul teve um aumento de 19,7% no volume total, conforme o Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento). Nos últimos dez anos, a produção de grãos no estado, entre eles algodão, milho, soja e trigo, teve um incremento de 158,6% segundo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). Este é o tema especial do Mercado Agropecuário desta segunda-feira (18) que traz o crescimento econômico do agro na décima edição do MS Agro, que acontece na próxima quarta-feira (20), a partir das 18h, no auditório da Famasul.

Os dados do Mapa também mostram que, entre os animais de produção, os suínos são o que mais cresceram durante o período. Foram 117,1% na expansão do peso total da carcaça, passando de aproximadamente 80 mil toneladas em 2010, para mais de 174 mil toneladas em 2018. A área plantada de grãos, segundo a Conab, passou de 2,8 milhões de hectares para 4,8 milhões, um aumento de 68,6% nos últimos dez anos. 

Também nos últimos dez anos, a produção de florestas plantadas foi um dos setores que mais se destacaram em Mato Grosso do Sul. A área plantada do eucalipto era de 378 mil hectares em 2010 e, neste ano, o setor atingiu o número de 1,1 milhão de hectares, tendo um crescimento de 191%. 

Diante desse cenário positivo, o MS Agro chega à sua 10ª edição trazendo o tema “As perspectivas para a economia e o agronegócio brasileiro”. Já considerado um dos principais eventos de debate e reflexão estratégica do agronegócio sul-mato-grossense, o encontro terá na programação palestras técnicas e um painel para debater os assuntos ministrados.

Mercado Agropecuário – A semana de 18 a 22 de novembro traz como tema especial das editorias do Sistema Famasul o MS Agro, em comemoração aos 10 anos do evento.

Para se inscrever acesse aqui!

MS Agro – realizado pela Famasul, com patrocínio do Senar/MS, Sistema OCB/MS (Organização Cooperativas Brasileiras), Sicredi, Bayer e com apoio do Sebrae/MS (Serviço Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Vitor Ilis