Skip directly to content

Programa de gestão ‘Qualidade Agro 5S’ do Senar/MS, otimiza ambiente de trabalho e reduz custos de produção

24/07/2019 - 17:30

Metodologia oriental é a base da capacitação oferecida gratuitamente pela instituição

É muito bom chegar em casa e ver tudo limpo e arrumado. A mesma sensação boa de quando temos uma estação de trabalho organizada.  Separação, organização, limpeza, saúde e manutenção, fazem parte da metodologia do ‘Qualidade Agro 5S’, um programa de gestão oferecido gratuitamente pelo Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Os cinco itens são aplicáveis em todas as cadeias produtivas em especial, na atividade suinícola que é o tema desta semana da série Educação no Campo.

A metodologia ‘5S’ nasceu no Japão logo após a Segunda Guerra Mundial, no momento em que o país passava por uma reestruturação. A organização deste país oriental, conhecida por todos, confirma a eficácia desta ferramenta que, na tradução fiel, são: Senso de utilização, Senso de organização, Senso de limpeza, Senso normatização e Senso de autodisciplina.

O instrutor do Senar/MS, Volmir Meneguzzo, que atua há mais de 15 anos nessa área, explica que a primeira etapa é a otimização do uso das coisas. “Em uma sala de ferramentas, por exemplo, é primordial reservar tudo que utilizamos com mais frequência e deixar separado o que é pouco usado. A regra vale para máquinas, produtos, animais de trabalho, utilitário da pecuária, agricultura, granjas de aves e suínos, até dentro do carro é possível otimizar”.

Após a separação ficará mais fácil organizar o ambiente. “No segundo momento, precisamos organizar, de forma harmônica e com fácil acesso, evitando gasto de tempo, perda de peças, entre outros benefícios que reduzem até mesmo o custo de produção”, comenta.

Para o instrutor, a limpeza do local de trabalho é sinônimo de qualidade. “O ideal é que o ambiente esteja limpo, pintado e com boa iluminação. Você pode simplesmente lavar a parte interna e evitar a entrada de animais peçonhentos, mas também pode fazer um jardim do lado de fora para melhorar o visual.  Este item está diretamente relacionado ao quarto passo da ferramenta que é saúde e higiene, detalhes que trarão reflexos comportamentais e gerar mais resultados”.

E por último a manutenção de cada fase do processo. “Verificar cada uma das etapas periodicamente, analisar os impactos gerados, os acidentes de trabalho, entre outras características, assim como, planejar e distribuir tarefas, são essenciais para avaliar o antes e o depois da implantação do ‘5S’ e a continuidade ou ajuste necessário na reestruturação do local”.

No portfólio de capacitações do Senar/MS estão disponíveis duas versões do programa,  com 24 horas/aula e 56 horas/aula. Os interessados podem procurar pelo sindicato rural do seu município ou acessar o site sistemafamasul.com.br é possível localizar o endereço e o telefone da unidade sindical mais próxima de você.

Educação no Campo – Todas as quartas-feiras o Senar/MS divulga alguma opção de qualificação em uma cadeia produtiva específica do Agro. Acompanhe!

Para solicitar assistência técnica em sua propriedade, procure o sindicato rural do seu município. Quer se informar mais sobre as capacitações? Entre no site do Senar/MS e saiba mais. Conheça a editoria Mercado Agropecuário aqui!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque