Skip directly to content

Projeto com foco na juventude e no agro tem espaço garantido na Famasul, afirma Mauricio Saito

28/10/2019 - 23:45

Agro, engajamento, gestão e comunicação foram pautas do último Encontro Jovens da Agropecuária de 2019. O evento aconteceu na noite desta segunda-feira (28), na sede da Casa Rural, em Campo Grande, e reuniu cerca de 200 pessoas. O presidente da instituição, Mauricio Saito abriu o evento realizado pelo Senar/MS e organizado pela Comissão Famasul Jovem. Agenda já reuniu mais de 4 mil pessoas em 17 edições. 

“Este é um projeto concreto e sedimentado dentro da federação. Eles são exemplos do que sempre buscamos enquanto instituição: renovação, a capacidade do civismo, a preocupação com a coletividade. Fico orgulhoso por este trabalho. A maneira como vocês conduzem tudo fará também com que o agro seja melhor entendido pelos demais segmentos da sociedade”, destacou o presidente, fazendo referência à comissão organizada por jovens. 

Saito aproveitou a ocasião e reuniu todos os integrantes da comissão e fez uma homenagem à presidente do grupo, Roberta Maia, com a entrega do certificado de conclusão do Curso Líder MS, que encerrou o ciclo na última semana. Maia foi uma das 37 integrantes da capacitação do Senar/MS que prepara líderes.

Produtora rural e graduada em relações públicas, a digital influencer Camila Telles, falou das semelhanças entre a comunicação e a agropecuária. “Meu propósito é o agro. Muitos têm uma visão errada de que, quem sai do campo e vai para a cidade, vence na vida. Temos entidades representativas lutando por nós, produtores, fazendo a sua parte. Nossa geração têm um papel crucial nisso, de pegar pela mão e mostrar o que acontece dentro da porteira. A forma de comunicação mudou muito e a tendência é mudar ainda mais. Precisamos saber usar as redes sociais para nos comunicar, falar do que defendemos”.

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, que também é empreendedor rural, trouxe a experiência de gestão pública e privada. “Em todo e qualquer negócio é preciso ter estratégia, saber qual a meta, que lucros quer alcançar. O Brasil virou potência agropecuária pelo empenho dos produtores rurais que mostraram resultados, mas ainda tem muito o que fazer, principalmente no que diz respeito a competitividade". 

A palestra trouxe ainda a relação direta do setor público com o avanço do setor rural. “O estado segue crescente na economia, e discute constantemente condições melhores para promover o desenvolvimento. O digital chegou revolucionando tudo, mas ainda somos analógicos. O estado tem investido para se atualizar e com isso irá melhorar os acessos da população”.

Ao final do encontro, os palestrantes fizeram as considerações e apresentações de pontos de vistas e responderam perguntas do público.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque