Skip directly to content

Representatividade Rural: Famasul toma posse da Frente Parlamentar para Desenvolvimento das Unidades de Conservação Ambiental do Estado

04/07/2019 - 11:00

Com o objetivo de representar os direitos dos produtores rurais em relação à preservação dos recursos hídricos associada ao desenvolvimento produtivo, a Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS tomou posse, nessa quarta-feira (3), na Frente Parlamentar para Desenvolvimento das Unidades de Conservação Ambiental do Estado, na Assembleia Legislativa.

 

O diretor-tesoureiro da Federação, Marcelo Bertoni foi empossado como membro titular da Frente e a consultora técnica do Sistema Famasul, Daniele Coelho, como membro suplente. O coordenador técnico, Justino Mendes, e a analista técnica, Ana Beatriz de Sá, participaram da cerimônia, que contou com a presença de aproximadamente 50 pessoas de diversas áreas.

 

Para Bertoni, a representação dos produtores rurais é de fundamental relevância por apresentar ações e soluções para o tema. “A melhor maneira de resolvermos as demandas do agro e do meio ambiente é o diálogo. Parte das Unidades de Conservação está localizada em propriedades rurais privadas, isso significa o quanto o produtor rural está envolvido com o cuidado dessas áreas protegidas”.

 

Mato Grosso do Sul, segundo a Imasul - Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, possui 126 unidades de conservação ambiental. São 5,5 milhões de hectares, que poderiam ser melhor aproveitados para turismo, pesquisa, educação ambiental, entre outras finalidades de característica sustentável.

 

Segundo Daniele, a Frente promoverá um alinhamento mais amplo: “Conservar o meio ambiente é importante, mas é fundamental ponderar o melhor instrumento para que isso aconteça. A tomada de decisão precisa ter o olhar de todos os lados envolvidos”.

 

O deputado estadual, Renato Câmara, coordenador da Frente, ressaltou que a iniciativa abre as portas para que as instituições contribuam com o tema. “As frentes são instrumentos para o avanço e para a consolidação da democracia. Queremos que Mato Grosso do Sul cresça”.

 

O prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite, representando a Assomasul, afirmou: “Queremos a opinião de quem conhece o assunto”.  O promotor de Justiça, Luciano Loubet, representando o MPE – Ministério Público Estadual, salientou: “Não adianta criar parque sem gerar segurança jurídica ao produtor rural”.

 

O superintendente da Semagro, Rogério Beretta, falou da relevância da união entre as instituições. “A melhor maneira de legislar é escutando as partes envolvidas”.

 

Palestra – O gerente das Unidades de Conservação do Imasul, Leonardo Tostes Palma, ministrou uma palestra, com o tema: ‘Unidades de Conservação do Solo’.

 

Palma afirmou que unidades de conservação são espaços territoriais e seus recursos ambientais, incluindo as águas, com características naturais relevantes.  São 126 unidades de conservação de Mato Grosso do Sul, 16 são federais, 50 estaduais e 60 municipais. São parques, monumentos naturais e Áreas de Proteção Ambiental (APAs), que podem ser usados, dependendo de cada situação, para o turismo ecológico, pesquisas científicas, educação ambiental e recreação. "Algo muito interessante e que representa um grande mercado é a observação de aves”. 

Abaixo, está a relação das entidades, que compõem a Frente Parlamentar, com seus representantes titulares e suplentes:

FUNDTUR: Geancarlo de Lima Merighi e Débora Bordin Fluhr

Imasul: Leonardo Tostes Palma e Flávia Neri de Moura

SINGTUR/MS: Leandro Carlos Silva Matos e Yolanda Prantl Mangieri

Assomasul: Eraldo Jorge Leite e Roberto Tavares Almeida

Famasul: Marcelo Bertoni e Daniele Coelho Marques

IFMS: Claudio Zarate Sanavria e Arlei Teodoro de Queiroz

Asmea: Luiz Marcelo Verão da Fonseca e Ilse Dubiela Junges

Instituto Quinta do Sol: Maria do Carmo Andrade Santos e Lidia Coimbra de Assis

GEBIO: Claudenice Faxina e Silvana Lima dos Santos

Conselho do APA: Silvia Queiroz e Lejania Najara Ribeiro Malheiros

SED: Marcos Vinicius Campelo Junior e Dilan de Andrade Hugo

UEMS: Afranio José Soriano Soares

Semagro: Rogério Thomitão Beretta e Sylvia Torrecilha

UFGD: Paulino Barroso Medina Junior e Sandro Menezes Silva

Agraer: Jadir Bocato e Leda Regina Monteiro Perdomo

Ecoa: André Luiz Siqueira e Rafael Morais Chiaravalloti

UNIDERP: José Sabino e Luciana Paes de Andrade

Bion Consultoria: Fabricio de Souza Maria e Lúcia Maria Oliveira Monteiro

MP/MS: Luciano Furtado Loubet e Andréia CristinaPerez da Silva

IPHAN: Zafenathy Carvalho de Paiva e Silvia Teresa Mercado Cedron

IABS: Liliane Lacerda e Jeferson Aparecido Almeida da Silva

Fiocruz: Ana Tereza Gomes Guerrero               

Rotary Clube CG: Ana Luzia de Almeida Martins Abrão e Alex Walber

Representatividade Rural – Atualmente, o Sistema Famasul participa de 137 conselhos, comissões e comitês relacionados ao agro, isso demonstra a representatividade dos nossos produtores rurais. Todas as quintas-feiras, são divulgadas ações, agendas e análises de assuntos pertinentes ao setor produtivo. Acompanhe!
 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ana Brito