Skip directly to content

Senar Forte: Mais de 250 pessoas dos sindicatos rurais de MS participam de encontro técnico na sede do Sistema Famasul

10/05/2019 - 10:45

 

Encontro abordou diferentes perspectivas para o conhecimento

 

Os presidentes, dirigentes e colaboradores dos sindicatos rurais de Mato Grosso do Sul participaram da primeira edição do Encontro Técnico Senar Forte, realizado pelo Senar/MS, com o apoio do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul.

 

O evento foi realizado na sede da Casa Rural, nos dias 08 e 09 de maio. Foram dois dias de ampla programação e com troca de conhecimentos e experiências a partir de diferentes perspectivas. Ao todo, participaram mais de 250 pessoas.

 

A iniciativa contabilizou a presença de representantes de 59 sindicatos rurais do estado, participação que na abertura (08) foi destacada pelo presidente da Federação, Mauricio Saito. “Reunimos no evento 43 presidentes, 30 dirigentes e 72 colaboradores de sindicatos rurais. Os números mostram a grande preocupação em relação ao cenário atual. Precisamos buscar soluções efetivas para o produtor rural”.

 

Saito falou ainda da importância de instituições ativas:  “Em países desenvolvidos, os produtores e as pessoas, de uma forma geral, sabem do valor e da seriedade em manter entidades representativas e nós, como instituição, temos que fazer o nosso papel”.

 

O superintendente do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Lucas Galvan, apresentou alternativas para o sistema sindical. “Ações simples, como é o caso do Concurso Fotográfico ‘Sistema Famasul em Campo’ voltado para colaboradores das unidades sindicais e credenciados na instituição, promovem a integração dos funcionários, elevam o engajamento das redes sociais e aumentam o alcance das nossas informações nas plataformas digitais”, comenta.

 

Para o coordenador sindical da CNA – Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil, Wilson Brandão, os clientes do agro estão cada vez mais exigentes. Brandão apresentou ainda novas iniciativas nacionais como o Bem+Agro, programa de benefícios que gera pontos aos cadastrados e o Agritrace, ferramenta de rastreabilidade vegetal da cadeia produtiva. “O mercado interno e externo tem demandado mais por produtos do país e quer conhecer suas origens”.

 

A palestra do CEO da Digital House, Carlos Alberto Júlio, fechou o primeiro dia do encontro com o tema “Os Desafios e Oportunidades da Inovação”. “O mundo está diferente, o mercado e as pessoas também mudaram. É preciso decidir hoje o que queremos para o futuro e não existe nada mais importante que desaprender para aprender, deixar o velho para que o novo entre”.

 

No segundo momento do evento, o superintendente da CNA, Bruno Barcelos Lucchi, ministrou a palestra “O Agronegócio e suas Potencialidades”. Em resumo, ressaltou a importância de alguns temas relacionados ao agro. “Tem que ter paixão. Mas a atividade tem que ser rentável! Para o agro evoluir precisamos melhorar questões do pós-porteira, como é o caso da infraestrutura e a logística”.

 

Outro tema foi o e-Social no meio rural. O assessor jurídico da CNA, Frederico Toledo, salientou a importância do sistema eletrônico para o setor produtivo, esclarecendo dúvidas sobre sua implantação e o cadastro que comunica ao governo, de forma unificada, todas as informações relativas aos seus trabalhadores, reunindo dados previdenciários, trabalhistas e fiscais. 

 

A comunicação também foi um dos assuntos da programação com destaque para o Marketing Digital e o peso da marca nas divulgações de ações institucionais. O coordenador de Marketing, Flávio Gutierrez; a analista de Comunicação e Social Media, Ellen Albuquerque; e o integrante da Agência 8020, Rafael Amaral, apresentaram pesquisas e experiências com as plataformas digitais.

 

O diretor de desenvolvimento da empresa Pro-Fissa, Renato Roscoe, fez referência à capacitação cuja temática foi ‘Novas atitudes geram novos resultados’, reforçando: “Para obter mudanças é preciso ter iniciativas, aumentar a produtividade e, para isso, precisamos assumir responsabilidades e focar em novas oportunidades, com inovação”.

 

Participaram do evento o vice-presidente do Sistema Famasul, Luis Alberto Moraes Novaes; o diretor-secretário da federação, Frederico Stella; o diretor-tesoureiro, Marcelo Bertoni; a 2ª secretária, Edy Elaine Biondo Tarrafel e 3ª secretária, Maria Tereza Zahran,e a diretora técnica da instituição, Mariana Urt.   

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul