Skip directly to content

Sistema Famasul participa de inauguração do Laboratório de Análises Ambientais da Embrapa Agropecuária Oeste

28/06/2019 - 17:00

O diretor-secretário do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Frederico Stella, participou na manhã dessa sexta-feira (28), da inauguração do Laboratório de Análise de Análises Ambientais da Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados. No espaço serão realizados estudos das principais bacias hidrográficas do estado.

“O projeto mostra a importância da ciência e da tecnologia na evolução do agro. A informação produzida pelos profissionais da comunidade científica subsidia os demais setores, embasa o trabalho dos produtores rurais, contribui com a preservação do meio ambiente, para a sustentabilidade e o aumento da produtividade”, afirmou Stella. 

De acordo com o presidente da Embrapa Nacional, Sebastião Barbosa, a agricultura hoje é competitiva. “Graças a pesquisadores comprometidos com os estudos, a soja hoje é tropicalizada. Hoje produzimos alimentos de qualidade, em quantidade, com sustentabilidade e de baixo custo. É preciso buscar caminhos alternativos que continuem investindo em pessoas, em conhecimento”. 

O vice-governador do estado, Murilo Zauith, representou o governador, Reinaldo Azambuja no evento. “A iniciativa mostra a evolução tanto do setor produtivo, como do município e do estado. Uma prova da sinergia que existe entre os envolvidos e o quanto as áreas estão atualizadas”. 

Para o chefe-geral da Embrapa de Dourados, Guilherme Asmus, o laboratório, que tem padrão ISO, ficou pronto em tempo recorde. “Há dois anos assinávamos o termo que autorizava o início da construção. O arranjo estrutural do laboratório, permite diagnóstico mais assertivo, com dados científicos e capacidade de monitorar, inicialmente, 55 tipos de defensivos agrícolas, com projeção de alcançar o número de 150”, comenta. 

Também participaram do evento o presidente da Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja de MS, Juliano Schmaedecke; o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damália; o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Ronney Mamede; o procurador da república em Mato Grosso do Sul, Marco Antônio Delfino de Almeida; o procurador do Ministério Público do Trabalho, Jefferson Pereira; o promotor do Ministério Público do estado, Almícar Araújo de Carneiro Jr. além do diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente do município, Fabiano Costa, e outras lideranças da região.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque