Skip directly to content

Horticultores atendidos pelo Senar/MS batem recorde e comercializam mais de R$ 15 milhões em 2019

28/11/2019 - 10:45

Hortaliças, frutas, legumes e tubérculos estão na lista dos itens mais vendidos pelos produtores que recebem Assistência Técnica e Gerencial no estado.

O Senar/MS está com a horta toda. O trocadilho que usamos aqui é para revelar um recorde. De acordo com um levantamento divulgado pelo departamento de Assistência Técnica e Gerencial da instituição, de janeiro a novembro de 2019, os produtores atendidos pelo programa de horticultura comercializaram mais de R$ 15 milhões com hortaliças, frutas, legumes e tubérculos. O montante é o dobro do registrado no mesmo período do ano passado. Este é o tema da editoria Educação no Campo, desta semana.

Segundo o coordenador do programa de horticultura, Dorly Pavey, o valor é resultado do empenho dos produtores e do estímulo a partir da consultoria. “A metodologia oferecida pelo Senar/MS leva orientações que possibilitam o aumento da produtividade, mas também a diversificação das culturas, a entrada de opções mais rentáveis, a gestão da propriedade e, principalmente, a última fase do processo, que é a venda desses produtos”.

Entre os itens mais produzidos e vendidos desde o início do ano, estão a alface, o couve-flor, a mandioca, o cheiro-verde e a rúcula. O relatório apresenta 59 variedades e o volume de total é de aproximadamente 8,5 mil quilos.

As agendas realizadas pela instituição permitem que horticultores conheçam técnicas e ferramentas inovadoras e também que novos produtores entrem nesta atividade. Somando dias de campo e vitrines desta área, foram 12 agendas e 1350 participantes. 

No sábado (29), a partir das 7h, na unidade sindical do município de Costa Rica, acontece o Dia de Campo do programa de ATeG em Horticultura. Entre os temas que serão discutidos no encontro estão as tecnologias e oportunidades para a cadeia produtiva e um giro tecnológico. O evento é uma realização do Senar/MS e do Sindicato Rural, tem o apoio da Famasul e a parceria do Sebrae/MS. 

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no local.

Educação no Campo – Para participar dos cursos ou solicitar Programas e Projetos do Senar/MS para o município, o interessado deve procurar o sindicato rural.

Quer saber mais sobre o Mercado Agropecuário? Clique aqui e saiba mais.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque