Skip directly to content

Senar/MS promove piscicultura sustentável

20/03/2019 - 09:30

Em comemoração ao dia mundial da água, 22 de março, a semana será dedicada a informações sobre piscicultura. Como vimos no ‘Mercado Agropecuário’ dessa segunda-feira (18), o mercado está para peixe em Mato Grosso do Sul. O protagonismo na exportação tem relação direta com a qualidade do pescado produzido no estado e as capacitações oferecidas pelo Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, com os cursos de Formação Profissional Rural e a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), que influenciam os bons resultados.

Os piscicultores assistidos são gestores do seu negócio, melhoram a produtividade e fazem melhor uso de insumos, em especial a ração que é o componente que corresponde a 65% do custos. “A partir de visitas mensais, com duração de quatro horas, o técnico coleta informações como detalhes de manejo, custos com medicamentos e mão de obra e a partir de um levantamento elabora um plano de ação com as principais estratégias para aquela propriedade”, explica o coordenador da ATeG Piscicultura, André Nunes.

A equipe técnica também orienta os produtores na comercialização dos peixes. “Não vendemos o produto, mas organizamos grupos com interesse comum e proporcionamos o encontro com possíveis clientes, assim como também facilitamos os contatos para melhorar as condições e a precificação dos insumos necessários para as produções”, complementa.

Para o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, reduzir custos e otimizar a produção são as prioridades das capacitações. “O incentivo à atividade coloca os pescados de cultivo como produto oriundo de uma cadeia sustentável que gera renda e desenvolvimento”.

Educação no Campo - Assim como nos outros programas do Senar/MS, os interessados devem procurar pelo sindicato rural do seu município e fazer a inscrição para a primeira etapa da assistência que é a capacitação no Negócio Certo Rural.

 O Senar/MS tem ainda cerca de 134 cursos de Formação Profissional Rural e palestras que levam conhecimento a produtores rurais de diferentes regiões do estado. As capacitações também devem ser solicitadas nas unidades sindicais. 

Quer entender melhor sobre Mercado Agropecuário? Acesse aqui.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque